IMPLANTAÇÃO DE PRÁTICAS DO LEAN CONSTRUCTION EM UMA OBRA NA CIDADE DE PETRÓPOLIS

INTRODUÇÃO
O setor da construção civil influencia diretamente a economia de um país, pela criação de postos de trabalho de forma direta e indireta. Um aspecto relevante do setor da construção civil é a sua heterogeneidade, pois é composta por diferentes serviços, com atividades tecnológicas variadas, atendendo a diferentes tipos de demanda (AMORIM, 1995; MELLO,2007), porém ainda nos dias atuais, o setor da construção civil vem desenvolvendo suas atividades no modelo antigo de produção, sem nenhum tipo de inovação de metodologias. Sabe-se que este modelo, pode negligenciar alguns aspectos como produtividade e qualidade nas construções (BERNARDES,2010). Segundo Gonçalves (2014) o setor industrial em contrapartida ao setor da construção tem aplicado metodologias de gestão de qualidade melhores tendo como exemplo o Sistema Toyota de Produção (STP), esse sistema tem como principais objetivos a redução dos custos e aumentar a qualidade do produto final. Visando o sucesso industrial, pensadores voltados para construção civil tentaram e ainda desenvolvem modelos baseados na produção Lean. O principal estudo voltado para a nova filosofia é o trabalho de Lauri Koskela “Application of the new production philosophy in the construction” publicado em meados de 1992, e que apresenta onze princípios da Lean Construction (ISATTO, 2000). Segundo Tonin (2013) os princípios mais importantes citados por Koskela (1992) para a aplicação do Lean Construction basicamente possuem enfoque em aspectos envolvidos numa visão sistêmica do ambiente de produção, e considera que a redução da parcela de atividades que não agregam valor e a melhoria contínua são duas premissas que devem fazer parte de uma construtora que pretende aplicar sua filosofia. Além destes princípios supracitados a aplicação plena exige:

  • Redução de Variabilidade:
  • Aumento do valor do produto através da consideração das necessidades dos clientes;
  • Diminuição do tempo de ciclo;
  • Simplificação através da diminuição do número de passos e/ou partes; Aumento da flexibilidade na execução do produto;
  • Incremento da transparência;
  • Foco no controle do processo global;
  • Balanceamento da melhoria dos fluxos com a melhoria das conversões; Realização de benchmarking.

Tomando como base estas afirmações, este resumo expandido tem o objetivo de apresentar um estudo de caso que será realizado e que permitirá detectar e analisar aspectos falhos e por vezes negligenciados tendo como base a aplicação da Lean Construction em uma construtora.

AUTORES:
Richard de Paula Silva
Victor Arruda Vieira
Paulo Roberto Azevedo
João Paulo Silva de Souza