METODOLOGIAS ATIVAS UMA ABORDAGEM INVESTIGATIVA DO CONCEITO E DE MODELOS APLICÁVEIS

RESUMO
As metodologias ativas permeiam os espaços educacionais como estratégias pedagógicas capazes de promover a educação efetiva. Tal repercussão deu-se pelo conjunto de características agregadas as suas delimitações, principalmente em relação à autonomia, participação e comportamento ativo do discente. A educação como um recurso para garantir a sustentabilidade da espécie, precisou evoluir para acompanhar as demandas da sociedade. O modelo tradicional de educação, não atende a complexidade dos dias atuais, assim, as metodologias ativas vêm ganhando admiradores. Este escrito buscou investigar os conceitos, e a disseminação dos modelos determinados como metodologias ativas. Metodologicamente, a consecução do estudo se dá através da pesquisa bibliográfica, que serve à fundamentação teórica da questão, e um levantamento comparativo, elaborado com a finalidade de coletar os dados para determinar os modelos de metodologias ativas. Embora não haja uma definição única sobre o que são as metodologias ativas, há unanimidade nas características que compõem as condições para que uma estratégia de aprendizagem seja considerada ativa, tais como: participação ativa do aluno, autonomia e liberdade, interdisciplinaridade buscando integralizar com a realidade, e a atuação do docente como mediador no processo educacional. Das seis instituições de ensino superior que ofertam cursos de especialização voltada para na área de metodologias ativas, foram mapeadas onze metodologias partilhadas, neste caso, destacou-se as ofertadas em mais de três instituições. Percebeu-se que há espaço para o aprofundamento e estudos qualitativos e quantitativos sobre a temática e que devem ser explorados visando à ampliação dos saberes sobre metodologias ativas na educação.

AUTORES:
Andressa Rocha Mauro
Luciana Soares Abraão
Maurílio António Valentim
Mirella da Silva Rodrigues
Verônica Pinho Rodrigues da Silva Afonso
Leandra Jacinto Pereira
Cíntia Fernanda Marques