UMA ABORDAGEM ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO EM SAÚDE NA PREVENÇÃO DA LESÃO POR PRESSÃO COM AUXÍLIO DE CONHECIMENTOS POPULARES

INTRODUÇÃO
O enfermeiro é o profissional que faz parte de uma equipe multidisciplinar, pode atuar em várias áreas da saúde. É ele quem planeja, traça cuidados e executa-os, além de ser um eterno educador, tanto para sua equipe como de seus clientes. Para o enfermeiro ter um contato mais próximo com a população, principalmente de vulnerabilidade, o Ministério da Saúde instituiu a Política Nacional de Educação popular em saúde no Sistema Único de Saúde (PNEPS-SUS), onde reafirma os princípios do SUS e da ênfase sobre a participação popular e incentiva o uso de saberes populares como auxilio para promoção, proteção e recuperação da saúde. Assim, para uma melhor relação com os familiares, a enfermagem deve utilizar ferramentas que os mesmos aprendem durante a vida acadêmica, como: visitas domiciliares, educação em saúde e como principal, o acolhimento, que possibilita colher diversas informações quando bem executado e com ética…(OLIVEIRA,GUSMÃO; MARCON,SILVA;2005). Sendo assim, essa ferramenta possibilita o profissional ter um diálogo mais aberto com a população, destaca-se, por exemplo, como se prevenir lesão por pressão baseado em senso comum. A partir deste assunto, está sendo objetivado um projeto de intervenção na comunidade de Três Rios que irá futuramente auxiliar aos familiares que tem pessoas acamadas em suas residências de como atuar diretamente na prevenção de lesão por pressão, visando assim, uma melhor qualidade de vida do cliente. É de suma relevância ter um profissional capacitado em educar e conscientizar a população sobre os benefícios de uma promoção de saúde adequada e de orientar sobre os riscos que o cliente possa adquirir caso sua integridade tissular seja prejudicada.

AUTORES
Carolina Cabral
Daniela Zainotti
Diego Simões
Ilza Diniz
Laís Andrade
Luiz Eduardo Fontoura
Juarez de Souza Pereira